NOTÍCIAS

ENTRETENIMENTO

GOSPEL

CONCURSOS

TECNOLOGIA

GAMES

CARROS

BLOGGER

NUTRIÇÃO & SAÚDE

domingo, 16 de julho de 2017

Em ação conjunta, Polícia gaúcha prende maior traficante do sul do Brasil

Num trabalho conjunto entre a Polícia Civil gaúcha e da Polícia Nacional do Paraguai, foi preso, na última sexta-feira(14), Neri José Soares, mais conhecido como Nazareth.

Considerado como o maior traficante do sul do Brasil, ele era procurado da justiça por tráfico de drogas  e homicídio, sendo capturado na cidade de Los Cadrales, no Paraguai.

O traficante estava foragido da justiça desde 2013.

De acordo com o Denarc, ele, radicado no Paraguai, era responsável por fornecer drogas a mais de uma facção do Rio Grande do Sul e também para fora do Estado.

Neri José Soares nasceu e se criou em Vila Nazareth, por isso é conhecido como Nazareth. Entrou para o tráfico através de Jaime Picerno Kersting, o Lampião, morto em 2008, que liderava o tráfico na Nazareth. Com a prisão, Neri assumiu o tráfico do local. Ao sair de Porto Alegre, fixou moradia no Paraguai, onde negociava maconha com os plantadores.

Em 2008 ganhou notoriedade após ser preso em Cachoeirinha pelo Denarc e apontado como o maior traficante de maconha da Região Sul do Rio Grande do Sul.

Também em 2008, foi preso na investigação do sequestro e morte da viúva de Lampião, Sandra Naira dos Anjos da Silva e de um funcionário dela. Os corpos foram localizados em um poço de 15 metros de profundidade em Gravataí.

Neri deixou a Penitenciária de alta Segurança de Charqueadas (Pasc) em 1º de fevereiro de 2013, quando foi colocado em liberdade condicional. Também foi apontado como o responsável por enviar toneladas de maconha para o Primeiro Comando da Capital (PCC), em São Paulo, e para a facção Amigo dos Amigos (Ada), no Rio.

Era acusado ainda de vender fuzis AR-15 e metralhadoras antiáreas para criminosos cariocas.

Fonte: Gazeta Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário